Oração ao tempo

Por Camila Appel

Conversando com uma empreendedora funerária, fiquei sabendo que poucas pessoas deixam orientações sobre a música que deve ser tocada durante seu funeral. No Cemitério Horto da Paz, por exemplo, é possível escolher uma música para acompanhar a descida do caixão, durante a cerimônia de cremação. Sem tempo nem cabeça para pensar no assunto, os familiares acabam optando por algo mais tradicional.

Acredito que a escolha da música deva fazer parte de uma lista de providências a serem tomadas, dentro do tópico: como planejar um funeral. Vamos aos poucos abordando cada detalhe aqui no blog.

Falando em providências mais gerais, aproveito para indicar novamente a “Cartilha Jurídica do Luto”, com ações relacionadas a questões funerárias, patrimoniais, sucessórias e securitárias.  Nela, há uma explicação do que é morte natural e violenta, quais providências tomar quando a morte ocorre em casa, na rua, ou no exterior, quais são os trâmites funerários necessários para enterro, cremação, procedimentos junto ao IML, como denunciar direitos violados, como iniciar o processo de inventário, partilha de bens, recebimento de pequenos valores deixados e como acionar seguradoras. O texto também explica a doação de órgãos. Acesse-a gratuitamente nesse link.

Entre as providências mais lúdicas, não mencionadas em nenhuma cartilha que eu conheça, estão as decisões sobre o destino do corpo (que podem ser acessadas na seção “O que você quer ser quando morrer” do blog), vídeos in memoriam, página na internet com QR-code e a música a ser tocada.

Gostaria de aproveitar para deixar uma sugestão. Trata-se de uma música de Caetano Veloso que começa assim: “És um senhor tão bonito, quanto a cara do meu filho…”.

Segue  vídeo e letra, na voz de Maria Betânia, para deixar seu dia mais bonito. Pensar na morte é uma forma de meditar sobre a vida e quem sabe, trazer um pouco de poesia para um cotidiano tão atarefado.

Oração ao Tempo

És um senhor tão bonito

Quanto a cara do meu filho

Tempo Tempo Tempo Tempo
Vou te fazer um pedido
Tempo Tempo Tempo Tempo

Compositor de destinos
Tambor de todos os ritmos
Tempo Tempo Tempo Tempo
Entro num acordo contigo
Tempo Tempo Tempo Tempo

Por seres tão inventivo
E pareceres contínuo
Tempo Tempo Tempo Tempo
És um dos deuses mais lindos
Tempo Tempo Tempo Tempo

Peço-te o prazer legítimo
E o movimento preciso
Tempo Tempo Tempo Tempo
Quando o tempo for propício
Tempo Tempo Tempo Tempo

De modo que o meu espírito
Ganhe um brilho definido
Tempo Tempo Tempo Tempo
E eu espalhe benefícios
Tempo Tempo Tempo Tempo

O que usaremos para isso
Fica guardado em sigilo
Tempo Tempo Tempo Tempo
Apenas contigo e migo
Tempo Tempo Tempo Tempo

E quando eu tiver saído
Para fora do teu círculo
Tempo Tempo Tempo Tempo
Não serei nem terás sido
Tempo, Tempo, Tempo, Tempo

Ainda assim acredito
Ser possível reunirmo-nos
Tempo, Tempo, Tempo, Tempo
Num outro nível de vínculo
Tempo, Tempo, Tempo, Tempo