Arquivo - Categoria: Envelhecimento e imortalidade

Um som para a UTI 

As UTIs já foram classificadas como “branches of hell” (uma espécie de inferno na Terra) em estudos sobre tratamentos intensivos. Uma pesquisa do ano passado afirma que um quarto dos pacientes sofrem de transtornos pós-traumáticos até um ano após a internação. Esse estudo chegou a mencionar que você tem as mesmas chances de ter stress(…)

Os seios de Maria Alice

Pela primeira vez, o Instagram censurou uma foto publicada pela Folha. A foto também foi retirada da página do Facebook do jornal. O Instagram indicou que a imagem não levaria o público a uma “experiência confortável”. A grande maioria dos internautas que comentaram a notícia apoiaram a decisão da censura, alegando ser uma imagem de(…)

2030: a fusão entre homem e máquina

Por volta de 2030, poderemos ter o que o engenheiro do Google, autor e futurista Raymond Kurzweil chama de “pensamento híbrido”. Significa pensarmos em parte de forma orgânica, de acordo com a biologia de nosso cérebro, e em parte de forma artificial – uma possibilidade do avanço exponencial da tecnologia. Um nanorobô se instalaria em nosso neocortex (no(…)

Enganando a morte

Capa da revista “The Economist” dessa semana traz a frase: “Cheating death” (enganando a morte). O artigo se refere a descobertas científicas que podem desacelerar o envelhecimento. Nas décadas passadas, a expectativa média de vida da população aumentou devido a melhorias na alimentação, saúde pública, medicação e habitação. Agora, essa expectativa continuará crescendo devido ao(…)

10 condições incuráveis com tratamentos promissores

Esses dias me deparei com o artigo “10 condições incuráveis com tratamentos promissores” em um site chamado Listverse, que lista 10 coisas de tudo o que você possa imaginar. Sinto uma mistura de preconceito com atração por títulos assim. Mas a verdade é que tudo que vem listado me chama atenção – os 10 títulos(…)

A um querido moribundo

Imagino que haja pouco movimento no seu quarto da UTI. Além de um bipe em ritmo, bipe, bipe, bipe, marcando um compasso melancólico. O som das máquinas pode lembrar a introdução de um tango sofrido.  Todo tango é uma despedida. Como esse bipe do quarto que pode ser sua morada final. Tenho a impressão de(…)

Pagos para morrer

  “Está na hora de você pensar num pôr do sol magnífico? Inscreva-se já!” Um podcast do Freakonomics, sugerido pelo leitor Fabio Storino, reflete sobre um comercial de TV imaginário: um doente em seu leito de morte, ao lado dos familiares, debate sobre os altos custos de estender um tratamento médico que lhe proporcione uma(…)

Mente turbinada: um portal brasileiro para jogos cerebrais

Foi em seu consultório de geriatria que o médico Paulo Camiz viu uma oportunidade na queixa mais comum de seus pacientes: memória ruim, doutor. E seguiam para a próxima pergunta: tem como melhorar isso? Paulo não se contentou em indicar palavras cruzadas ou Sudoko, por não atuarem diretamente nas questões específicas que precisam ser trabalhadas(…)

O sorriso da moça velha

“Que um sonho bom, sem fronteira e sem fim, venha clarear em nós o eu profundo. É preciso rir, ensina Piolin, e na alegria iluminar o mundo”. Carlos Drummond de Andrade Lar das mãezinhas é um nome convidativo para uma casa de repouso filantrópica e me parece remeter ao cuidado maternal recebido pelas moradoras. Algumas ali(…)