Arquivo - Categoria: Eutanásia e suicídio assistido

Visita à Dignitas

A Suíça permite, por lei, o suicídio assistido. Algumas instituições se especializaram no procedimento, como a “Dignitas” e a “Exit” , o que trouxe a má fama de “turismo da morte” ao país, por atrair pessoas do mundo todo em busca de uma morte assistida. Alguns países autorizam o suicídio assistido, mas não a eutanásia. Na eutanásia, um profissional de(…)

É possível salvar Charlie Gard?

“Pode-se imaginar o enorme sofrimento dos pais de Charlie. Sofrimento que possivelmente tem bases em um dos assuntos mais complexos para todas as culturas do mundo: a morte e o morrer. O medo do desconhecido, a sensação de impotência e a esperança de um milagre sustentam a religiosidade e a ciência nesse assunto. A religiosidade,(…)

O Último Abraço

Nelson Golla já não aguentava mais assistir, impotente, a situação de sua mulher quando decidiu explodir uma bomba caseira abraçado a ela em uma clínica de idosos na zona leste de São Paulo. “Não foi um ato de loucura” ele escreveu em uma carta. Para ele, era um ato de amor. “O Último Abraço” (Ed.(…)

A liberdade de morrer

O advogado José Luiz Toro Da Silva, sócio fundador do Toro Advogados, enviou ao blog um artigo seu sobre o tema “a liberdade de morrer”. Segue seu texto, abaixo. Aproveito para sugerir a leitura de artigos na categoria “Ajuda Médica para Morrer” do blog, sobre eutanásia e suicídio assistido. Eu recomendo a leitura desses: “Sobre(…)

Portugal debate eutanásia no início de 2017

A discussão sobre eutanásia e suicídio assistido tem crescido no mundo, menos no Brasil. Os deputados portugueses, por exemplo, acabaram de aprovar, por unanimidade, uma petição para a despenalização da morte assistida, que segue para o plenário da Assembleia da República no início do ano. A petição define morte assistida como: “o ato de, em(…)

Primeiro-ministro canadense busca legalizar o suicídio assistido

O primeiro-ministro do Canadá, Justin Trudeau, é a favor do suicídio assistido e se empenha para torná-lo uma realidade. Na última quinta-feira (14), introduziu uma lei para legalizar o procedimento a canadenses portadores de doenças crônicas. A lei criminal é uma questão federal no Canadá, mas a permissão para o suicídio assistido já é aprovada(…)

Sobre o direito de morrer

Poucos temas são tão difíceis de se tomar uma posição quanto esse. Quando você acha que conseguiu unir argumentos o suficiente para embasar uma opinião a ponto de tirá-la do labirinto mental e trazê-la ao verbal ou ao escrito, a dúvida aparece mesmo antes da vírgula. Há o risco latente de se perceber incompleto ou(…)

França aprova a sedação terminal e o cumprimento obrigatório do testamento vital

Nesta terça feria (17), a França aprovou a sedação terminal, ou seja, sedar o paciente de forma “profunda e contínua” até sua morte. O texto passou pelo Parlamento francês com 436 votos a favor, 34 contra e 83 abstenções e  precisará ser considerado pelo Senado. Mas, na França,  a decisão da Assembléia Nacional normalmente é definitiva.(…)

Um dia para morrer – a discussão no Brasil

Brittany Maynard vinha divulgando que se suicidaria nesse sábado, 1° de Novembro, mas em seu último vídeo (veja aqui) anunciou que talvez não fosse, por ainda se sentir bem. Ao mesmo tempo, ela afirmou em entrevistas, como essa aqui da New Yorker, que temia esperar demais e ficar incapacitada de tomar os remédios letais por conta própria (devido(…)